28 fevereiro 2007

Carnaval, violência e manipulação

Primeiro foi o sarampo e a invenção de que era necessário vacinar-se contra a doença para ir a Salvador.

Depois o destaque descontextualizado dos números sobre a violência. As duas alegações são destituídas de fundamento e se prestam a servir de argumento contra o turismo da Bahia. E o turismo ainda é, para a Bahia, um razoável indutor da economia e da geração de emprego e renda.

Em relação ao sarampo, somente três casos se registraram em Salvador. Ocorre que a Organização Mundial de Saúde, considera que, para as doenças já erradicadas, um só caso se constitui em epidemia. A Secretaria da Saúde da Bahia, mesmo assim, aplicou 900.000 vacinas e o Estado passou a ser o lugar do Brasil mais imunizado.

A violência não é marca do Carnaval da Bahia. Em que cidade do mundo acontece uma festa com quase 2 milhões de pessoas em 25 quilômetros de festa, consumindo algo como 17 milhões de litros de cerveja e refrigerantes (fora uísque, cachaça e outras bebidas) e se registram apenas 1.680 ocorrências policiais correspondendo a 0,1% da população envolvida na festa? Nenhum turista foi ferido. Alguns tiveram seus celulares roubados, tanto quanto os baianos, e nos três circuitos carnavalescos registraram-se apenas 2 casos de morte e uma pessoa gravemente ferida. Para todos nós e principalmente para as famílias enlutadas isso é trágico. Mas não compõe um quadro de violência se levarmos em conta o número de pessoas nas ruas.

A tecnologia de segurança pública que a Polícia Militar vem construindo ao longo de muitos carnavais constitui-se uma referência nacional e é requisitada por vários outros Estados. A Bahia não pode ser punida por ter, segundo o “Guinness” a maior festa de rua do mundo.

Em São Paulo, ocorreram 27 mortes em 5 dias, sendo duas dentro do circuito carnavalesco, ao tempo em que se registraram 5.129 ocorrências policiais.

No Carnaval de Recife/Olinda, registraramse 22 mortes entre sábado e quartafeira de Cinzas. Seis delas, nos pólos carnavalescos de Recife e Olinda. O Rio de Janeiro retardou a apresentação do seu balanço policial até quinta-feira de cinzas.

Como se vê, o Carnaval de Salvador não foi que o registrou mais mortes e ocorrências policiais. O que temos é um quadro nítido de manipulação da informação.

Quando fui deputado federal, participei da discussão sobre a regulamentação da comunicação social e travei com meu amigo, então deputado, Aloísio Ferreira, um acirrado debate sobre a idéia da classificação delituosa da manipulação de notícias e informações. Entendia que, pior do que a mentira, a informação falsa ou a acusação inverídica era o uso manipulado de informações verdadeiras. Como sobrevivente do uso político de uma poderosa rede de comunicação da Bahia, tentei fazer ver aos deputados que os veículos de comunicação, se assim o desejarem, podem, usando fatos reais, passar para o público uma visão falsificada da realidade.

E exemplifiquei, “in extremis”: se a Rede Globo, por exemplo, desejasse, numa hipótese absurda, destruir a imagem do então presidente da Câmara, Luís Eduardo Magalhães, bastaria isolar, repetir e veicular a imagem do deputado saindo da Presidência para fumar um cigarro. Em poucos dias, a imagem do saudoso deputado seria a de um tabagista inveterado que abandonava seus afazeres para fumar.

Claro que isso não correspondia à “realidade real”, mas sim a uma “realidade virtual”.

Luís Eduardo, a despeito de ser nosso adversário, era considerado por todos nós um excelente presidente da Câmara. Voltemos ao Carnaval de Salvador.

Imagens de TV, notícias de rádio e jornal destacam os casos de violência de uma festa que é 99,9% de alegria e cortesia. Apesar da fome real, apesar da concentração de renda no próprio Carnaval, apesar da violência do cotidiano da cidade, também real, o que se vê em cada bloco carnavalesco e na famosa “pipoca” é a alegria do povo baiano contagiando as centenas de milhares de turistas que nos visitam.

Num só dia, aportaram seis navios de cruzeiros marítimos em Salvador. Doze mil turistas e quatro mil tripulantes desembarcaram a pouco mais de 500 metros da festa. Foram para o Carnaval e voltaram extasiados e felizes para seus navios.

O Carnaval de Salvador não é, no entanto, só alegria e prazer. É também trabalho e, em alguns casos, trabalho muito sofrido como o afazer dos cordeiros e dos catadores de latinhas. Mas, com certeza, não é uma festa onde predomina a violência.

Domingos Leonelli - Secretário de Turismo do Estado da Bahia

Meirelles diz que queda das Bolsas é "aviso para elevar prudência"

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, disse hoje que a queda verificada hoje em mercados ao redor do mundo deve ser encarado como um "aviso para que tenhamos mais prudência".

Exportações baianas chegam a US$ 507 milhões em janeiro

A balança comercial da Bahia registrou superávit de US$ 114,2 milhões em janeiro, com exportações de US$ 507 milhões e importações de US$ 392,8 milhões, com crescimento de 22,8%. Os dados são do Centro Internacional de Negócios da Bahia (Promo).

Presidente recebe projetos para educação

A versão final do Pacote de Educação preparado pelo Ministério da Educação será entregue amanhã ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A proposta inclui projetos para formação de professores, ampliação do acesso ao ensino superior e do ensino técnico e dos mecanismos de avaliação da educação nas redes estaduais e municipais. Veja o que publicamos sobre "A Década da Educação".

Garimpeiros fecham acordo para voltar a Serra Pelada

A Vale do Rio Doce, umas das maiores mineradoras do mundo, assinou acordo com a Cooperativa de Mineradores e Garimpeiros de Serra Pelada cedendo cerca de 100 hectares na Região de Serra Pelada, no Sudeste do Pará. Nos anos 80, cerca de 100 mil homens trabalhavam no lugar.

Começou a Liquida Salvador 2007

Começa hoje a Liquida Salvador 2007, a segunda maior data do comércio varejista depois do Natal. Este ano são esperados cerca de três milhões de consumidores aos mais de 6 mil estabelecimentos comerciais que participam da liquidação. O evento, em sua nona edição, ocorre até o dia 11 e a expectativa da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) é que as vendas ultrapassem o patamar dos R$ 150 milhões.

Confira aqui a lista dos ganhadores do Liquida Salvador 2006.

Primeiro projeto de Parceria Público-Privada será na Bahia

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, garantiu, em entrevista exclusiva à Agência Brasil, que sairá em março o edital para a realização do primeiro projeto de Parceria Público-Privada (PPP). O projeto envolve reformas e ampliação no trecho da BR-324 entre a cidade de Salvador e o município baiano de Feira de Santana e em outro trecho da BR-116, entre Feira de Santana em direção ao sul, até a divisa da Bahia com Minas Gerais.

Reforma política com três itens em programa mínimo

A fidelidade partidária, a votação em lista e o financiamento público de campanha são os três pontos considerados fundamentais pelo Palácio do Planalto para que o tema avance no Congresso. Segundo o ministro Tarso Genro, é possível uma reforma rápida com esse programa mínimo.

Superávit de R$ 11,8 bilhões em janeiro

Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social arrecadaram R$ 11,8 bilhões a mais do que gastaram em janeiro, contra R$ 4 bilhões registrados em janeiro do ano passado.

27 fevereiro 2007

Reforma política é prioridade

A reforma política é uma das prioridades da Câmara dos Deputados, como ficou decidido em reunião entre líderes partidários e o presidente da Casa, Arlindo Chinaglia (PT-SP), hoje (27) – as outras são a votação de matérias relacionadas a segurança pública e de medidas provisórias, várias delas relacionadas ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Primeira campanha de vacinação contra febre aftosa de 2007

A primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa 2007 será lançada oficialmente nesta quinta-feira (1º) pelo secretário da Agricultura Geraldo Simões, representando o governador Jaques wagner.
O evento será realizado na Fazenda Experimental da EBDA Cruzeiro do Mocó, em Feira de Santana, às 10 horas. A vacinação de bovinos e bubalinos ocorre durante todo o mês de março. Os trabalhos são conduzidos pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). A meta é imunizar os cerca de 11 milhões de animais do rebanho baiano.

“O governador Jaques Wagner definiu a sanidade agropecuária do estado como uma das áreas prioritárias da sua administração. Posso assegurar que a Secretaria da Agricultura está totalmente empenhada para que os resultado desta vacinação seja o mais próximo possível do índice de 100%, mantendo a aftosa bem longe do rebanho baiano”, afirmou Geraldo Simões.

Como estratégia de divulgação para esta etapa está prevista a realização de dias de campo nas coordenadorias regionais da Adab, através de parcerias com prefeituras, sindicatos, cooperativas, casas revendedoras e distribuidores. Além disso, uma campanha publicitária com o tema Você já vacinou seu gado? será veiculada em rádio e televisão, convocando todos os criadores para a vacinação.

“Esperamos uma grande adesão de criadores e interessados nas atividades de dia de campo. Através de exposições didáticas pretendemos informar sobre o correto manejo da vacinação, medidas para esterilização do equipamento e conservação da vacina”, explicou o diretor-geral da Adab, Altair Oliveira.

De acordo com o diretor de Defesa Sanitária Animal do órgão, Valentim Fidalgo, a fiscalização sanitária será intensificada em áreas consideradas de risco, como em próximas a lixões, parques de exposições, rodovias, frigoríficos, matadouros, criadores comerciantes, portos e aeroportos. Os criadores têm até o dia 16 de abril para declarar a vacinação nos escritórios da Adab.

Fonte: AGECOM - Foto: Jorge Cordeiro

Contrato do emissário submarino será revisto

O governo da Bahia decidiu rever o contrato para a construção do novo emissário submarino de Salvador, firmado no apagar das luzes da administração Paulo Souto pela Embasa com o Consórcio Jaguaribe, empresa do Grupo Odebrecht criada para este fim. Ainda esta semana, pedirá um aditivo contratual propondo a revisão.

Os questionamento são vários, principalmente o preço, considerado alto demais. Do lado técnico, a falta de mais estudos sobre o impacto ambiental na área escolhida, o mar da Praia dos Artistas, na Boca do Rio. A decisão de rever o contrato foi anunciada ontem pelo secretário do Desenvolvimento Urbano, Afonso Florence, após 60 dias de análise do assunto.

Segundo Florence, alguns detalhe chamam a atenção, a exemplo das dificuldades para se obter informações que, teoricamente, deveriam estar facilmente disponíveis: os técnicos do governo não conseguiram sequer abrir o software contendo a modelagem do contrato na qual estão os cálculos dos preços da obra item por item, inclusive juros, feito pela Kapmg, empresa contratada pelo governo anterior com esse propósito, já que se trata do primeiro contrato com base na Lei das PPPs (Parcerias Públicos Privadas) na área de saneamento.

Pelo contrato, a Odebrecht vai investir R$ 231 milhões e receberá 183 parcelas de R$ 4 milhões e 36 mil ao longo de 18 anos, o que dá um total de R$ 738,58 milhões, incluindo a manutenção e operacionalização do sistema.

Reportagem completa em "A Tarde" desta terça (assinantes)

26 fevereiro 2007

Hospital Colônia e Dires de Feira de Santana terão diretores empossados amanhã

O Secretário da Saúde do Estado, Jorge Solla, estará amanhã, às 11 horas, em Feira de Santana, para dar posse aos novos diretores do Hospital Especializado Lopes Rodrigues (HELR) e da 2a Diretoria Regional de Saúde (Dires). Na unidade hospitalar assume a enfermeira Elieuza Bacelar Costa, funcionária da Sesab, e na Dires, a médica do trabalho e pediatra Edilma dos Reis Silva. A posse será no auditório do HELR.

Formada em enfermagem pela Ufba, a nova diretora do hospital aponta como prioridade a ressocialização dos pacientes da unidade na comunidade. “Vamos trabalhar seguindo as orientações da reforma psiquiátrica que está em discussão há mais de 10 anos. Pretendemos tirá-la do papel e pô-la em prática”, afirmou. Ela disse que aplicará uma nova política de recursos humanos visando a qualificação e valorização dos profissionais da Colônia.

Fundado em julho de 1962, com 31 leitos, o HELR, inicialmente, tinha como finalidade abrigar pacientes crônicos, oriundos do Hospital Juliano Moreira. Num período de 10 anos, até 1972, a unidade chegou a ter 700 internos. Na década de 80, com a implantação de mudanças na política de saúde mental, foi criado o Núcleo Agrícola de Reabilitação, onde os pacientes desenvolviam atividades agrícolas, com fins terapêuticos. A unidade tem dois lares abrigo, com capacidade de atender seis pacientes cada.

Fonte: Agecom

PT mantém indicação de Pinheiro para o MDA

A Executiva Nacional do PT decidiu hoje manter a indicação do deputado Walter Pinheiro (BA) para o Ministério do Desenvolvimento Agrário.

O presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), confirmou que o partido debateu "o conjunto dos espaços no governo". Fez, porém, a ressalva de que, "por uma questão de cortesia", com o presidente Lula, as sugestões da Executiva para o ministério do segundo mandato somente serão apresentadas a ele.

"Fizemos um debate sobre o conjunto dos espaços de governo e vamos tratar desse assunto com o presidente, até para não haver qualquer tipo de constrangimento e para que não se fique especulando com nomes e situações", disse Berzoini.

Além da indicação de Pinheiro, o PT aprovou uma lista contendo outros nomes para a equipe de Lula. Entre eles, está o da ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy, os ex-deputados Luiz Eduardo Greenhalgh e Renato Simões e a deputada federal Iriny Lopes (ES).

"Década da Educação" finda sem atingir metas

Dez anos após entrar em vigor, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), que regulamenta as normas do ensino no País, não conseguiu alcançar todos as metas, sobretudo quando se refere à qualidade do ensino e qualificação dos professores.

Fez avançar a universalização do ensino fundamental com 97% das crianças entre 7 a 14 anos matriculadas na rede de ensino. No entanto, não alargou o funil da educação brasileira, sendo que do universo de 10 milhões de jovens com idades entre 15 e 17 anos, apenas 33,3% (3,3 milhões) conseguem chegar ao curso médio. Os demais estão fora das salas de aula ou atrasados em relação à idade ou série.

Estudos do MEC mostram que entre os obstáculos ainda não solucionados estão a baixa qualidade do ensino, a deficiente formação do professor e nos altos índices de evasão escolar, problemas que a legislação propôs eliminar.

A LDB também não concretizou a meta de fazer com que todo o professor da rede escolar tivesse nível superior até 2007. Ainda existem muitos professores lecionando sem preencher o requisito ou que são/estão sendo formados por faculdades que não oferecem cursos de qualidade, geralmente na modalidade ensino a distância, muitas espalhadas pelo interior da Bahia, geralmente com bolsistas parciais custeadas pelas prefeituras.

Governo pretende tornar SAC mais abrangente e melhorar sua gestão

Tornar mais abrangente o atendimento ao cidadão e ampliar os controles gerenciais para melhorar a prestação de serviços são as diretrizes em implementação na rede de postos SAC, anunciou hoje (23) o secretário da Administração, Manoel Vitório, ao visitar o SAC do Shopping Barra, o segundo maior da rede em todo o Estado.

O secretário chegou ao SAC por volta das 11h30 e solicitou, no balcão, informações sobre requisitos para emissão de documentos. Em seguida, Vitório percorreu as unidades de atendimento do posto, que a partir desta segunda (26) vai sediar a entrega de documentos perdidos durante o carnaval. Com 26 órgãos parceiros, o SAC Barra presta em média, cerca de 5 mil atendimentos diários.

O governo, segundo Vitório, manterá o que funciona bem no Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), uma rede de atendimento composta por 25 postos distribuídos por Salvador e outros 17 municípios baianos. “O que estamos mudando é a gestão do sistema, que exige auditorias de desempenho para tornar mais eficaz a prestação de serviços e permitir agilidade na correção de rota, nos casos em que não estiver funcionando a proposta de facilitar a vida do cidadão”, explicou o secretário.

A outra vertente é a reestruturação do sistema para torná-lo mais inclusivo, disse o secretário. A idéia é ampliar o volume de serviços voltados para a população carente, trazendo para os postos de atendimento mantidos pelo governo baiano serviços voltados para a população de baixa renda. “Vamos buscar a reestruturação conceitual da rede SAC, buscando parcerias para torná-la mais acessível à população”, afirmou.

Seminário sobre o novo combustível do Brasil – Biodiesel

Seminário sobre o novo combustível do Brasil – Biodiesel - e o desenvolvimento da Agricultura Familiar

Data: 28/02/2007
Hora: 08:30 às 13:00
Local: Teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA)
Descrição: A Comissão de Proteção ao Meio Ambiente da Assembléia Legislativa da Bahia, presidida pelo deputado estadual José Neto (PT), promoverá em Feira de Santana um seminário sobre biodiesel e o desenvolvimento da agricultura familiar.
O objetivo é estimular o desenvolvimento regional e a geração de emprego e renda para os agricultores familiares, incentivando também, a preservação do meio ambiente no município.

79ª edição do Oscar: Martin Scorsese finalmente é premiado

Direção de Arte: O Labirinto do Fauno
Maquiagem: O Labirinto do Fauno
Curta-Metragem de Animação: The Danish Poet
Curta-Metragem: West Bank Story
Efeitos Sonoros: Cartas de Iwo Jima
Ator Coadjuvante: Alan Arkin (Pequena Miss Sunshine)
Animação: Happy Feet: O Pingüim
Roteiro Adaptado: Os Infiltrados
Figurino: Maria Antonieta
Fotografia: O Labirinto do Fauno
Efeitos Visuais: Piratas do Caribe 2 - O Baú da Morte
Som: Dreamgirls - Em Busca de um Sonho
Filme Estrangeiro: A Vida dos Outros (Alemanha)
Atriz Coadjuvante: Jennifer Hudson (Dreamgirls - Em Busca de um Sonho)
Documentário em Curta-Metragem: The Blood of Yingzhou District
Documentário: Uma Verdade Inconveniente
Trilha Sonora: Babel
Roteiro Original: Pequena Miss Sunshine
Canção Original: I Need to Wake Up (Uma Verdade Inconveniente)
Montagem: Os Infiltrados
Melhor Atriz: Helen Mirren (A Rainha)
Melhor Ator: Forest Whitaker (O Último Rei da Escócia)
Melhor Diretor: Martin Scorsese (Os Infiltrados)
Melhor Filme: Os Infiltrados

Veja as fotografias e muito mais no especial de "A Tarde On Line"

25 fevereiro 2007

Desenvolvimento regional terá R$ 11 bi nos próximos 4 anos

O combate às desigualdades regionais brasileiras – um dos principais objetivos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) – ganhou força nesta quinta-feira (22) com a criação da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, a partir de decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em cerimônia no Palácio do Planalto.

As ações previstas na nova política receberão cerca de R$ 11 bilhões de fundos específicos nos próximos quatro anos, além de recursos do Orçamento Geral da União.

Durante a cerimônia, o presidente disse que pretende contar com o auxílio de governadores e prefeitos para fiscalizar as obras do PAC nas regiões. Leia +

23 fevereiro 2007

MDA aumenta número mutirões itinerantes para viabilizar documentação de trabalhadores rurais

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) vai aumentar o número de mutirões itinerantes para viabilizar a documentação de trabalhadores rurais este ano. Já estão programados mutirões em 638 municípios de todos os estados brasileiros, número bem superior ao de 2006, quando foram percorridos 263 municípios e emitidos 150 mil documentos. Com o aumento de cidades visitadas, o ministério espera um acréscimo significativo na emissão de documentos. As mulheres serão o foco do programa.

Ontem (22) o MDA assinou dois termos de cooperação para viabilizar os mutirões. Um com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM) e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para a divulgação e o apoio à mobilização dos serviços itinerantes. Outro com a Caixa Econômica Federal (CEF), que visa a liberação de R$ 1,8 milhão para a emissão gratuita dos Cadastros de Pessoa Física (CPF) e a abertura de contas bancárias sem a cobrança de taxas.

Nos serviços itinerantes, os trabalhadores vão poder tirar carteira de identidade, certidão de nascimento, CPF, carteira de trabalho, carteira de pescador e registros no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), entre outros documentos.

Sem documentos básicos, o trabalhador não pode abrir uma conta bancária, ter acesso ao microcrédito, à Bolsa Família, aos programas de reforma agrária e de fortalecimento da agricultura familiar (Pronaf) e nem mesmo matricular o filho na escola.

O serviço pretende atender principalmente as mulheres do campo, público com maior demanda por documentos básicos. Segundo o MDA, cerca de 80% delas não possuem documentos básicos como o CPF e a carteira de identidade. Para isso, o ministério criou o Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural, que integra as políticas públicas em prol das mulheres.

Para o ministro Gilherme Cassel, o documento básico é um “dos degraus para a cidadania”, atendendo a grupos de pessoas que estão excluídas da participação social. De acordo com o ministro, o fato do programa deste ano dar prioridade às mulheres é devido a importância delas no meio familiar rural, mas têm pouco acesso aos microcréditos e a outros programas de incentivo do governo federal.

O MDA pretende adquirir ainda este ano, em parceria com a CEF, quinze ônibus com estrutura suficiente para participarem dos mutirões, o que “dará agilidade ao programa”. Atualmente, o serviço é realizado com a montagem de tendas ou com o uso de espaços públicos. As unidades móveis vão percorrer os municípios mais carentes do país, principalmente no Norte e no Nordeste, onde há maior demanda por documentos básicos.

Desde 2004, quando foi criado, o programa de documentação rural emitiu mais de 350 mil documentos. Atende a população rural não só das pequenas cidades, mas também em assentamentos e em comunidades quilombolas, extrativistas e de pescadores. As fotografias necessárias à complementação dos documentos são tiradas gratuitamente nos mutirões.

22 fevereiro 2007

Presidente cria Política de Desenvolvimento Regional

O combate às desigualdades regionais brasileiras – um dos principais objetivos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) – ganhou força nesta quinta-feira (22) com a criação da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, a partir de decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em cerimônia no Palácio do Planalto.

As ações previstas na nova política receberão cerca de R$ 11 bilhões de fundos específicos nos próximos quatro anos, além de recursos do Orçamento Geral da União.

Durante a cerimônia, o presidente disse que pretende contar com o auxílio de governadores e prefeitos para fiscalizar as obras do PAC nas regiões.

“Nós queremos saber a cada dia o que vai acontecer, em cada obra o que vai acontecer, quando vai começar, quando vai terminar, porque se não for assim a gente corre o risco de ter anunciado mais um plano, como tantos que foram anunciados e que não aconteceram”, afirmou.

Lula voltou a lembrar que tais ações não ocorreram no primeiro mandato devido à fragilidade da situação econômica e social em que se encontrava o país quando ele tomou posse em 2003. “Agora, nós poderemos dar o passo adiante”, ressaltou.

Fundos
Os principais instrumentos de financiamento da nova política são os fundos de desenvolvimento regional e os incentivos e benefícios fiscais.

Em 2007, o orçamento dos Fundos Constitucionais de Financiamento do Nordeste, do Norte e do Centro-Oeste será de R$ 9,3 bilhões, representando um incremento de R$ 2,7 bilhões em relação ao ano anterior.

Também estão previstos mais R$ 2 bilhões dos Fundos de Desenvolvimento do Nordeste e da Amazônia, que são destinados a financiar projetos estruturadores, com prioridade para os de infra-estrutura inseridos no PAC.

A Política Nacional de Desenvolvimento Regional reconhece a existência de sub-regiões dentro de cada macrorregião, sendo algumas dinâmicas e competitivas, com elevados rendimentos médios, e outras sub-regiões estagnadas e com precárias condições de vida.

Diante disso, classifica o território nacional com base em quatro critérios - Alta Renda, Baixa Renda, Dinâmica Recente e Estagnado – e apresenta estratégias específicas para cada um.

O decreto assinado hoje estabelece ainda competências dos órgãos responsáveis pela implementação da Política, principalmente dos 23 Ministérios que compõem a Câmara de Políticas de Integração Nacional e Desenvolvimento Regional, coordenada pela Casa Civil.

Editora Abril está por trás, na frente e na cabeça do editor da revista piauí

A revista “piauí” - assim mesmo com p minúsculo - vai se firmando no mercado. Lançada em outubro de 2006, com nomes importantes do jornalismo, embora não tenha um EXPEDIENTE transparente, pertence à Videofilmes, empresa dos irmãos Walter e João Moreira Salles, em associação com a editora Abril, responsável por sua impressão e distribuição. Desde o lançamento, seus proprietários afirmam que a Abril não interfere no conteúdo editorial. Perdão, senhores, mas não acredito.

O Editor é Mário Sérgio Conti, jornalista tucano que foi Diretor de Redação da revista Veja por muito tempo. A revista é editada pela Editora Alvinegra comandada por Mário Sérgio Conti. É distribuída pela DINAP, do Grupo Abril. Embora tenha uma fórmula inteligente (ao contrário da Veja que se suicidou), pois é criada e desenvolvida por repórteres pesquisadores e escritores que buscam material exclusivo, a revista obviamente tem uma tendência ideológica. O site Curso Abril de Jornalismo dá destaque especial à revista piauí. E essa gente não dá murro em ponta de faca.

A coisa estava custando a parecer e então explodiu em forma de publicidade. No exemplar de fevereiro de 2007, a redação da revista, comandada por Mário Sérgio Conti, criou uma publicidade de página inteira agradecendo ao ministro Waldir Pires pela crise na aviação brasileira. Publicidade meio cínica, meio humorística, mas de endereço político certo. Com um editor desse, realmente, a Editora Abril não precisa se preocupar em interferir em nada. O pensamento da revista Veja está na cabeça do jornalista Mário Sérgio Conti.

Como não tem EXPEDIENTE transparente não se sabe qual a real relação do editor Luiz Schwarcz, dono da editora Companhia das Letras, com a revista Piauí. O time é de primeira. Tem escritores estrangeiros como o argentino Tomás Eloy Martinez e o inglês Martin Amis. Cineastas como Eduardo Escorel e Eduardo Coutinho. Tem jornalista veterano como Ivan Lessa, resgatado de Londres onde se auto-exilou por 30 anos. Tem Marcos Sá Correa como editor.

Inteligente, a revista não entrou na histeria anti-petista e anti-lulista obsessiva das revistas do Grupo Abril. Não há colunistas “formadores de opinião”. Uma proposta editorial ousada. Reportagens longas. Textos autorais primorosos. Editores como Conti, Sá Correa, Dorrit Harazim, Xico Vargas, Cassiano Machado. Tem ainda nomes conhecidos como Danuza Leão, Rubem Fonseca e Angeli.

Como o público leitor brasileiro emburreceu lendo as revistas do Grupo Abril, com especial destaque para a Veja, o Grupo Abril resolveu investir no que resta de inteligência no país. Uma minoria escassa, já que a tiragem não passa de 50 mil exemplares. João Moreira Salles diz que há grana para suportar dois anos de prejuízo.

Tudo ia muito bem até que a revista agiu como o escorpião da fábula e deu a picada mortal no leitor, com a publicação da peça publicitária sem graça contra o ministro da Defesa Waldir Pires. Qualquer idiota hoje sabe que a TAM é responsável pelos atrasos dos vôos nos aeroportos brasileiros. E que interesses contrariados nas área militar e empresarial forjaram a crise da aviação.

Não é a revista Piauí que manda recado para o ministro Waldir Pires. É o Grupo Abril, estabelecido na cabeça do redator-chefe Mário Sérgio Conti, que manda o recado para o Governo Lula. Como se dissesse: “vamos pegar vocês lá adiante”. Leia + no Bahia de Fato

Fonte: Bahia de Fato

21 fevereiro 2007

Tribuna de Debate: edição eletrônica fecha toda terça

Além da edição impressa de um boletim que circulará encartada na revista Teoria e Debate, o 3º Congresso do PT também terá um boletim eletrônico. A primeira edição desses boletins foi divulgada durante a cerimônia de lançamento do congresso, que aconteceu no sábado (10), em Salvador.

Para ter um artigo publicado na edição da Tribuna de Debate eletrônica do 3º Congresso do PT, os filiados devem enviar seus textos para o endereço eletrônico tribunadedebate@pt.org.br . Uma nova edição será fechada toda terça-feira de cada mês.

É necessário indicar o ponto de pauta em que o texto será incluído “PT Concepção de partido e funcionamento”, “O Socialismo Petista”, ou “O Brasil que queremos”. Os artigos não terão título. No lugar normalmente ocupado pelo título, virá o nome do autor ou autora do texto que deverá, obrigatoriamente, ter no máximo 3.500 carácteres com espaços. Leia + e veja os pré-requisitos no site do PT

É do povo: Governo petista quer acabar com privatização do carnaval baiano

Depois de 16 anos de hegemonia do modo “carlista” de se pensar as expressões e políticas culturais, o novo secretário de Cultura da Bahia, Márcio Meirelles, promete que o governo repensará os rumos, junto com a sociedade civil, do Carnaval de Salvador.

Em entrevista à Carta Maior e ao Cultura e Mercado, o professor de geografia da UFBa, Clímaco Dias, denunciou o que parece não ser novidade aos baianos: como os blocos particulares de grandes artistas, com segregação e exclusão, descaracterizaram a festa popular mais famosa do Brasil.

“Assumimos um governo que vem de 16 anos de uma mesma gestão. Tivemos que trocar a roda com a bicicleta andando embaixo da chuva. Mas trabalharemos para que o carnaval do ano que vem seja diferente”, promete Meirelles. Leia +

Abadás para 2008 já estão sendo vendidos

Antes mesmo de acabar o arrastão da quarta-feira de cinzas as empresas que representam os maiores blocos de Carnaval de Salvador já estão faturando com a venda de abadás para 2008.

Os blocos não perdem tempo e já vendem para a festa que acontecerá daqui a um ano.

Até as 16h de hoje uma empresa já havia vendido 350 abadás, com expectativa de comercializar 2 mil fantasias até o final do dia, a preços entre R$ 150 e R$ 900. Leia +

20 fevereiro 2007

Governador recebe troféu que simboliza surgimento do trio elétrico no Carnaval

Ao acompanhar o desfile dos blocos alternativos, na noite desta segunda-feira (19), em Ondina, o governador Jaques Wagner foi surpreendido com o anúncio de que tinha um troféu a receber. Do trio de Armandinho, Dodô e Osmar, que animava os foliões no Circuito Barra-Ondina, os irmãos da família Macedo avisaram que Wagner ganharia o troféu Pau Elétrico, que simboliza o surgimento do trio elétrico no Carnaval de Salvador.

O governador foi até o trio, onde recebeu a homenagem, ao som de Bolero de Ravel. “Ele merece. O nosso trio está hoje nas ruas graças ao apoio que recebemos do Governo do Estado”, disse Armandinho. Leia +

16 fevereiro 2007

Waldenor Pereira é líder do Governo

O deputado Waldenor Pereira (PT) foi escolhido, no dia 15 de Fevereiro, pelo governador Jaques Wagner para ser o líder do governo na Assembléia Legislativa.

Após a leitura da mensagem em sessão no legislativo, o governador chamou o deputado ao seu gabinete e o convidou para assumir a liderança. "Estou muito honrado por ser escolhido para uma função de tamanha responsabilidade, porque defenderei na Assembléia Legislativa os interesses do nosso governo, o compromisso assumido de construção de uma nova Bahia, independente e democrática", disse o deputado, depois da confirmação como líder. Leia +

Discurso do governador Jaques Wagner na Assembléia

"Fui acolhido pelo povo baiano em 1974. Aqui, vivi os movimentos populares e sindicais. Com os baianos fundei meu partido, o PT, em 1980. Morei no Subúrbio Ferroviário, Fazenda Grande, Soledade, Engenho Velho de Brotas, Amaralina e Vila Matos. O convívio com essa vizinhança me fez conhecer as alegrias, as dores e as esperanças do povo mais pobre de Salvador".

"Não escapou à sabedoria popular a incompetência com a gestão da coisa pública. A insensibilidade de promover verdadeiras farras publicitárias diante da amplitude da miséria. A gastança em propaganda convivia com o abandono de estruturas como a Ebal. Até a política de distribuir alimentos mais baratos para nosso povo foi transformada apenas em marketing, em propaganda enganosa. O desperdício convivia também com o abandono do semi-árido e do pequeno produtor. A EBDA, que tanto fez pelo trabalhador do campo com ações de extensão rural e pesquisa, está arruinada. Só o seu passivo trabalhista é de mais de 313 milhões de reais". Leia na íntegra

27anos: Jantar celebra conquistas recentes do PT

O Partido dos Trabalhadores comemorou seus 27 anos de fundação com um jantar na noite desta sexta-feira (9), em Salvador, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e 500 convidados, entre ministros, governadores, parlamentares, dirigentes, delegações estrangeiras e militantes.

Além de celebrar o aniversário, os petistas também festejaram outras conquistas recentes, como os governos estaduais eleitos - em especial o da Bahia, em que a eleição de Jaques Wagner pôs fim a décadas de domínio carlista e a vitória de Arlindo Chinaglia na presidência da Câmara. Leia +

15 fevereiro 2007

Técnicos da EBDA terão curso de especialização

Proporcionar aos técnicos da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA) um curso de especialização em Produção Animal. Este foi o objetivo da proposta apresentada hoje (14), pelo coordenador e professor do curso de Especialização em Produção de Bovinos, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Ronaldo Lopes Oliveira, à diretoria da empresa. Com duração de dois anos, o curso vai ser disponibilizado na grade de especialização da universidade, a partir de abril.

“A iniciativa é um dos primeiros passos para atendermos ao compromisso de valorizar os servidores e possibilitar melhores condições de trabalho”, afirmou o presidente da empresa, Emerson Leal, garantindo que os técnicos vão poder se atualizar em uma área estratégica e de grande expansão no Estado da Bahia.

O curso tem o objetivo de capacitar profissionais como especialistas na produção de bovinos, gerando conhecimentos para elaborar, gerenciar, executar e avaliar empreendimentos nas áreas de bovinocultura de corte e de leite, utilizando recursos potencialmente disponíveis e tecnologias compatíveis com o desenvolvimento sustentável.

06 fevereiro 2007

Calendário de atividades do 27º aniversário e III congresso

Prezado (a) Companheiro (a),

No dia 09 de fevereiro, junto ao calendário de atividades do lançamento do 27º Aniversário e do Lançamento do III Congresso, o PT proverá um Seminário Internacional com o Tema "Os desafios da esquerda latino-americana e caribenha". O seminário ocorrerá no Othon Palace Hotel, situado na Avenida Oceânica, nº 2294, Ondina, Salvador, com a seguinte programação:

· 9:00h - Falas de abertura e recepção de Valter Pomar, Secretário de Relações Internacionais do PT; Marcelino Gallo, Presidente do PT-Bahia; Ricardo Berzoini, Presidente Nacional do PT;

· 9:30h - Exposição inicial de Marco Aurélio Garcia, vice-presidente nacional do PT;

· 10:00h - Opinião dos convidados nacionais e internacionais;

· 13:00h - Almoço;

· 15:00h - Opinião dos convidados nacionais e internacionais. Espaço para intervenções no plenário;

· 18:00h - Espaço para comunicados sobre atividades internacionais (XIII Foro, Fórum Social Mundial, Campanha Furacão Katrina, Solidariedade à Palestina);

· 19:00h - Encerramento.

O partido dos trabalhadores conta com a sua participação e desde já agradece a sua presença.


Marcelino Gallo
Presidente

Fonte: Assessoria de Imprensa - PT/BA

02 fevereiro 2007

Mesa Diretora da ALBA foi empossada

Após várias reuniões, o deputado Jurandir Oliveira (PDT) retirou sua candidatura e a eleição para a Mesa da Assembléia Legislativa transcorreu normalmente com chapa única.

A sessão foi presidida pelo deputado Clóvis Ferraz (PFL), que solicitou um minuto de silêncio pelo falecimento do pai do deputado Waldenor Pereira (PT).

O deputado Clóvis Ferraz (PFL) fez seu discurso se despedindo da presidência da Casa, comentando sua gestão e fazendo um balanço.

Em seu discurso, o presidente eleito, deputado Marcelo Nilo (PSDB), que obteve 54 dos 63 votos, ratificou compromissos com mudanças e avanços na função institucional da Assembléia Legislativa da Bahia. “Quanto à necessidade de mudar, ela foi imperiosamente colocada antes do resultado das eleições de 2006. O grande desafio para a mesa diretora e para toda a Assembléia será mostrar à Bahia que está à altura do novo momento histórico construído pela população baiana a partir das eleições de outubro. A sintonia com este novo momento é de responsabilidade dos 63 integrantes desta Casa e lhes será cobrado pela sociedade”, disse.

Como ficou a Mesa Diretora
Presidente: Marcelo Nilo (PSDB) - 54 votos;
1º vice-presidente: Ângelo Coronel - (PR) - 50 votos;
2º vice- presidente: J.Carlos (PT) - 58 votos;
3º vice-presidente: Roberto Carlos (PDT) - 59 votos;
1º secretário: Luciano Simões (PMDB) - 46 votos;
2º secretário: Luis de Deus (PFL) - 58 votos;
3º secretário: Edson Pimenta (PC do B) - 57 votos;
4º secretário: Aderbal Caldas (PP) - 59 votos;

Suplentes
Maria Luiza Laudano (PTdoB) - 55 votos;
Fátima Nunes (PT) - 58 votos;
Carlos Ubaldino (PSC) - 58 votos;
Eliedson Ferreira (PFL) - 57 votos;
Fábio Santana (PRP) - 54 votos.

Ouvidoria
Tarcízio Pimenta (PFL).

Plenária Sindical

A Secretaria Sindical do PT convida todos os sindicalistas PeTistas para uma Plenária Sindical do PT, onde discutiremos os seguintes pontos:

a) Desafios do segundo mandato do governo LULA;
b) Participação dos Sindicalistas no Congresso Nacional do PT;

Contaremos com a exposição do Secretário Sindical Nacional companheiro João Felicio

A plenaria será realizada no dia 08 de Fevereiro, quinta feira às 19hs no Salão Pelourinho A, no Bahia Othon Palace Hotel - Av. Ocêanica, 2294 - Ondina - Salvador.


Nelson Santos
Secretário Sindical

Emiliano será debatedor no Seminário de Relações Internacionais do PT em Salvador

A convite de Walter Pomar, Secretário de Relações Internacionais do PT, o jornalista e ex-deputado estadual do PT baiano vai fazer uma intervenção no seminário sobre Relações Internacionais que será realizado neste dia 9 de fevereiro, em Salvador.

Emiliano José mesmo sem mandato continua em intensa atividade política. Há quem acredite que ele ainda vai assumir o mandato de deputado federal. Atualmente ele está na primeira suplência. Para tanto, basta o presidente Lula convocar o deputado federal Walter Pinheiro para um ministério.

Entre os que acreditam que Emiliano José vai assumir o mandato de deputado federal está o apresentador do programa Bom Dia Bahia da TV Aratu. Murilo Leite me disse que Walter Pinheiro será ministro e Emiliano José será deputado. Murilo Leite ainda faz outras duas profecias políticas: Walter Pinheiro em plena ascenção será o próximo prefeito de Salvador e Jaques Wagner será presidente da República...em 2010. Quem viver verá.

Carta de Guilherme ao PT desmente jornal A Tarde

O jornal À Tarde, na edição de 26/01/2007, publicou na coluna Tempo Presente, com o título "Malas Prontas" que o deputado federal Guilherme Menezes poderia deixar o PT e filiar-se ao PV.

No relato, a matéria jornalística informa que a motivação do deputado em deixar o partido ocorreu por dois fatos:

a) Guilherme perdeu o controle da executiva municipal do partido para o deputado Waldenor Pereira;
b) A nomeação de Wilton Cunha para uma superintendência na Secretaria da Agricultura.

A referida notícia provocou imediata reação do parlamentar que enviou a carta abaixo para o presidente do PT Marcelino Galo:


Ao Companheiro

MARCELINO GALO
Presidente do Diretório Estadual do PT - Bahia


Prezado companheiro,


Na matéria no jornal "À Tarde", de 26.01.2007, na coluna "Tempo Presente", tópico "Malas Prontas", são veiculadas informações a meu respeito que não correspondem à verdade.

Solicito ao presidente estadual do meu partido, que transmita ao colunista o seguinte:

a) Os dados constantes na citada nota não provém de mim ou dos colaboradores do mandato que me foi outorgado pelo povo da Bahia;

b) Sempre respeitei as instâncias partidárias e as escolhas de seus dirigentes que ocorrem sempre pelo voto direto dos filiados;

c) Não tenho como desafetos as pessoas citadas na referida notícia, uma vez que na minha vida pública ou pessoal não considero desafeto eventual divergente de idéia ou método;

d) Fui eleito deputado federal pelo PT, pela segunda vez, e, tenho como principal objetivo honrar o mandato e cumprir o programa partidário;

e) Apoio integralmente o presidente Lula e o governo Wagner, e, em Vitória da Conquista, continuo dedicando todos os meus esforços pela continuidade do vitorioso projeto que há10 anos perdura no município;

f) Dessa forma, presidente, reafirmo a minha confiança ao Partido dos Trabalhadores e que unidos saberemos enfrentar e vencer todos os desafios encontrados nessa caminhada.


Atenciosamente


Guilherme Menezes - Deputado Federal - PT

Fonte: Site do PT Bahia

Resultado da UPB foi positivo para as esquerdas

A eleição do prefeito de Santo Estevão, Orlando Santiago (PFL) - 179 votos, disputada com o prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Brasileiro (PT) - 163 votos, teve um aspecto positivo comentado pelo governador Jaques Wagner: "este resultado foi uma clara demonstração de encurtamento do grupo liderado pelo PFL”.

Afinal a diferença foi inédita: apenas 16 votos entre os candidatos.

01 fevereiro 2007

Congresso finaliza eleições

Assim ficaram assim as mesas diretoras da Câmara de do Senado

Câmara dos Deputados
Presidente: Arlindo Chinaglia (PT-SP)
1º vice-presidente: Nárcio Rodrigues (PSDB-MG)
2º vice-presidente: Inocêncio Oliveira (PR-PE)
1º secretário: Osmar Serraglio (PMDB-PR)
2º secretário: Ciro Nogueira (PP-PI)
3º secretário: Waldemir Moka (PMDB-MS)
4º secretário: José Carlos Machado (PFL-SE)

Suplentes de secretário
Manato (PDT-ES)
Arnon Bezerra (PTB-CE)
Alexandre Silveira (PPS-MG)
Deley (PSC-RJ)


Senado
Presidente: Renan Calheiros (PMDB-AL)
1ª vice-presidência: Tião Viana (PT-AC)
2ª vice-presidência: Alvaro Dias (PSDB-PR)
1ª secretaria: Efraim Morais (PFL-PB)
2º secretário: Gerson Camata (PMDB-ES)
3ª Secretaria: César Borges (PFL-BA)
4ª Secretaria: Magno Malta (PR-ES).

Suplências da Mesa do Senado
1º - Papaléo Paes (PSDB-AP)
2º - Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
3º - João Claudino (PTB-PI)
4º - Flexa Ribeiro (PSDB-PA).

Veja como ficaram as comissões

Mesa da ALBA com chapa única

Depois de muitos debates, reuniões, negociações, que se intensificaram nas últimas 48 horas, oposicionistas e governistas acabaram de acordar a composição da próxima mesa diretora que vai dirigir a Assembléia Legislativa nos próximos dois anos:

Presidente – Marcelo Nilo (PSDB);
1º vice-presidente – Ângelo Coronel (PR);
2º vice- presidente – J.Carlos (PT);
3º vice-presidente – Roberto Carlos (PDT);
1º secretário – Luciano Simões (PMDB);
2º secretário – Luis de Deus (PFL);
3º secretário – Edson Pimenta (PC do B);
4º secretário – Aderbal Caldas (PP);
Ouvidoria – Tarcízio Pimenta (PFL).

Eleição na Câmara termina

Terminado o 2º turno, Arlindo Chinaglia (PT) venceu e é o presidente da Câmara dos Deputados.

Chinaglia obteve 261 votos, contra 243 de Rebelo (PCdoB) e seis votos em branco.

A última vez que o partido ocupou a presidência da Câmara foi em 2003, com João Paulo Cunha.