05 maio 2008

Mais um nanico

Com apenas um governador e dois prefeitos de capitais em exercício, o ex-PFL que trocou de nome para DEM (Democratas), com o objetivo de renovar a imagem, corre o risco de virar um partido nanico. Tentando evitar a situação vexatória, a ordem do partido é não nacionalizar o discurso, fugindo da repercussão nacional da boa avaliação nas pesquisas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Isso quer dizer que o discurso do partido não será unificado, mas um verdadeiro Samba do "Crioulo Doido".

Nenhum comentário: