19 outubro 2008

Pinheiro comparece, João foge do debate na TV Aratu

O debate da TV Aratu deste segundo turno das eleições municipais, que aconteceria hoje, às 18 horas, não pôde ser realizado porque o candidato do PMDB não compareceu à emissora, ao contrário de Walter Pinheiro, que estava no local no horário acordado.

Pinheiro chegou à emissora às 17h30, acompanhado de sua vice, Lídice da Mata, de sua esposa, Ana, do deputado federal Nelson Pelegrino, do presidente do PSDB, Nestor Duarte, dos secretários estaduais Rui Costa (Relações Institucionais) e Robinson Almeida (Comunicação), representantes de PPS, Miguel Kertsmzan, PV, Ari da Mata, e PCdoB, vereadora Olívia Santana, além do coordenador de marketing da campanha, Sidônio Palmeira, e do ex-deputado Emiliano José.

O petista lamentou a ausência do adversário e lembrou que o debate é fundamental para a cidadania, portanto, ao deixar seu adversário de comparecer ao debate, é a cidade quem perde: "É lamentável. Espero que em outro momento a gente possa discutir as propostas que interessam ao eleitor", afirmou. Pinheiro não quis julgar a atitude do adversário: "Não faço julgamento de caráter pessoal". Ele disse que o que quer é continuar discutindo propostas e cumprindo os acordos, como sempre fez na vida pública.

No entanto, seus correligionários não pouparam críticas: "João, fujão!", assim definiu Miguel Kertsznan, do PPS, afirmando que o peemedebista tem medo do debate, e que não precisaria tanto desgaste, por dizer somente na hora que não participaria. O deputado federal Nelson Pelegrino (PT) considerou um desrespeito com o eleitor e disse que "quem quer debate não escolhe hora nem lugar". Na porta da emissora, a militância do PT gritava: "João, fujão!", enquanto um locutor dizia: "João amarelou!".

Nenhum comentário: