30 outubro 2008

Muita coragem

Depois que o prefeito reeleito João Henrique falou em enxugar a máquina municipal, membros do Movimento Negro passaram a temer a extinção da secretaria Municipal de Reparação (Semur). Eles sustentam que a pasta, apesar do parco orçamento, trouxe importantes avanços para a discussão de políticas de inclusão para afro-descendentes. No entanto, segundo as lideranças do Movimento Negro, sempre que se fala em contenção de despesas a Semur encabeça a lista.

Nenhum comentário: