10 junho 2009

Indústrias do tabaco terão que revelar fórmula dos seus produtos

As indústrias do tabaco terão que revelar ao governo norte-americano qual é a fórmula utilizada na fabricação dos seus produtos.

O projeto de lei poderá ser aprovado amanhã (quinta-feira, 11) pelo Senado dos Estados Unidos. A medida delegará o controle da produção, venda e publicidade do cigarro, charutos e tabaco de mascar à agência reguladora de alimentos e remédios do país.

Caso alguma substância seja considerada nociva, a Casa Branca estará autorizada a proibir o uso do item.

Além disso, os rótulos de advertência dos maços devem ser aumentados e conter imagens que ilustrem o prejuízo à saúde do viciado, como já acontece no Brasil, e as marcas ficam proibidas de utilizar termos como "light", "mild" e "low", a menos que consigam provar que estas categorias são menos ofensivas.

As empresas movimentam anualmente cerca de US$ 89 milhões e não gostaram nada da determinação. O presidente Barack Obama, que é fumante, prometeu que sancionará a lei assim que recebê-la.

Nenhum comentário: