26 agosto 2010

Lula e Wagner vão resolver o problema dos barraqueiros de Salvador

O presidente Lula, em seu discurso no Palácio do Rio Branco nesta quinta-feira (26), após pedido do governador Wagner, assumiu o compromisso de mobilizar todo o governo federal em prol dos sofridos barraqueiros de Salvador. O líder alegou que da última vez em que veio à capital, e se deparou com o protesto, não sabia o que realmente se passava. Ele disse que fez com que o ministro da Articulação Política, Paulo Bernardes, convocasse para uma reunião já marcada para o dia 8 de setembro a Advocacia Geral da União, a Secretaria do Patrimônio Histórico, além de Alexandre Padilha (ministro das Relações Institucionais), para resolver o impasse. “Não vou deixar amigo na beira da estrada. Ou a gente vai fazer ou desengana e diz que não vai fazer logo. A verdade é dura mas tem que ser contada. Mentira é a pior coisa”, declarou. Lula continuou, desta vez em tom de brincadeira, ao dizer que quando terminar o mandato visitará as praias da Bahia e não quer ser admoestado pelos barraqueiros quando pedir uma cerveja gelada.

Nenhum comentário: