14 agosto 2010

Operador de caixa 2 tucano desaparece com 4 milhões I

O engenheiro Paulo Vieira de Souza, também conhecido como Paulo Preto ou Negão, desapareceu com cerca de R$ 4 milhões, não contabilizados, destinados à campanha presidencial de Serra, conforme declarações dos próprios tucanos à revista IstoÉ.

Dirigentes do PSDB disseram que o espertalhão é velho amigo do peito de Aloysio Nunes Ferreira, ex-secretário da Casa Civil de Serra e atual candidato do partido ao Senado, por São Paulo.

Nenhum comentário: