10 outubro 2012

Após impugnação, candidato sai da disputa e indica o filho em Lagoa Grande


Na véspera da eleição, e com problemas na Justiça Eleitoral, Robson Amorim renuncia à candidatura e indica seu filho

Publicado em 06/10/2012, às 20h30

Do JC Online

A juíza do município de Lagoa Grande, no Sertão de São Francisco, Ângela Mesquita Maranhão (81ª Zona Eleitoral), publicou, neste sábado (6) - véspera da eleição -, edital que comunica a substituição do candidato a prefeito pela coligação Frente Popular no município. Sai o socialista Robson Amorim, que renunciou à disputa depois de ser impugnado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e entra o novo candidato Dhonikson (Dhoni) Amorim (PSB), que é exatamente seu filho.
Ao mesmo tempo em que comunica o pedido de registro do substituto, a juíza abriu prazo de cinco dias para qualquer partido, coligação ou o Ministério Público Eleitoral (MPE) apresentar pedido de impugnação do novo candidato ou ainda qualquer cidadão apresentar notícia de inelegibilidade.
O ex-candidato Robson Amorim foi impugnado por decisão monocrática do ministro do TSE, Luiz Fux, que considerou as condenações em instâncias inferiores. Ele teve contas rejeitadas.

O filho do fichado venceu com 8.102 contra 5.811 de Rose Graziera.

Jornal do Commercio



Nenhum comentário: