10 março 2013

Um aplicativo que permite aos consumidores verificarem se os descontos anunciados pelo governo na conta de luz estão sendo aplicados corretamente está disponível na internet por iniciativa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), informa a Agência Brasil. O cálculo pode ser feito no site www.energiaaprecojusto.com.br . Para saber o percentual de redução, basta selecionar o estado e a distribuidora, o nível de tensão e o tipo de tarifa (residencial, baixa renda, rural). Também é preciso informar o consumo da unidade em quilowatts-hora. A ferramenta calcula automaticamente qual o percentual de desconto que foi aplicado, o valor atual da tarifa e quanto sairia sem a redução. Também informa o valor e o percentual dos impostos incididos na conta. Em janeiro deste ano, o governo federal anunciou uma redução na conta de luz dos brasileiros, em média de 18% para as residências e de até 32% para as indústrias, agricultura, comércio e serviços.


Essa redução nas tarifas é resultado direto de uma iniciativa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Sob a liderança do presidente da entidade, Paulo Skaf, a campanha "Energia a Preço Justo", lançada em 2011, promoveu uma ampla mobilização da sociedade.

Tudo com um só objetivo: eliminar da conta a cobrança de investimentos decorrentes da construção do sistema elétrico e que já estavam amortizados.

A campanha sensibilizou o governo federal, que em setembro criou uma Medida Provisória (579/12) analisada e aprovada em dezembro pelo Congresso Nacional.

Com a Lei 12.783, sancionada em 11/01/13 e em vigor desde 24/01/13, a tarifa de energia passa a ter uma redução de pelo menos 18%.

O sistema, disponível em versão para mobile e tablet no site da Fiesp, é mais uma ação da campanha "Energia a Preço Justo".


Nenhum comentário: